sexta-feira, 22 de setembro de 2017

INTRARAIL: Dois dias no Porto, 2º Dia


Alo!

INTRARAIL: Dia 5


Depois da saga que foi o Dia 4 (aqui), devo confessar que as pernas já começavam a vacilar. Mas, mesmo assim, levantámos os corpos pesados do colchão e depois pequeno-almoço tomado, pusemos-nos a caminho da Fundação Serralves





Quem já passou pelo Porto de certeza que já visitou, ou pelo menos ouviu falar, dos jardins de Serralves. Este sítio encantado caracterizado pelos seus arranjados jardins, de vegetação imponente e densa, interpolados por charcos de patos e que, por fim, termina na sua quinta biológica com bovinos e caprinos que na sua quietude pastam sobre o prado verdejante. Por outro lado, e para os amantes de exposições, o Museu Serralves tem sempre exposições super interessantes. Desta vez, com o meu grupo de Doras exploradoras, apenas passeai pelos jardins, por 2,5€/pessoa (com 50% de desconto para estudantes universitários).
















Pelas 14:30 voltámos à estação de São Bento onde, mais uma vez, guardámos as mochilas nos cacifos e a partir do centro da cidade invicta descemos até ao Rio Douro para desfrutar da obrigatória - sim, OBRIGATÓRIA! - passeata de fim de tarde ao longo da ribeira. A caminho passámos pelo mercado Ferreira Borges e pelo Jardim Infante D. Henrique.






Durante o passeio disfrutámos de espetáculos: de dança, dos quais gostamos particularmente dos FlyBoys, e na Praça da Ribeira assistimos a um show de piano a dois muito bom mesmo!! Além disso, não só pelo ambiente, mas também, e especialmente, pela vista sobre a Ribeira e ponte D. Luís I é um passeio que vale muito a pena fazer.











Por fim, para terminar esta nossa jornada pelo Porto voltámos, pelas Ruas de São João e Mouzinho da Silveira, à estação de São Bento e daí partimos rumo à nossa quarta paragem!



Com vontade de conhecer ou voltar à invicta? Também consideram o Porto uma paragem obrigatória entre as terras do Norte de Portugal?


xoxo,
Lua